sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Às vezes...

Às vezes gostava de deixar de sentir este aperto na alma...
Às vezes gostava de te gritar que já não sou uma menina...
Às vezes gostava que aceitasses a mulher que sou.... as opções que tomei....

Às vezes gostava de ouvir a tua voz a sorrir para mim....
Às vezes gostava de voltar ao momento em que ainda fazia parte da tua vida...
Às vezes gostava de não sentir esta revolta que a tua atitude fez nascer em mim.....

E em todas as outras vezes apenas gostava de apagar esta separação estúpida que a tua teimosia causou....

5 comentários:

spritof disse...

E em tantos outros momentos, gostaríamos de nunca ter saído da terra do nunca... ...e para sempre viver na esperança e inocência de outros tempos...

PAULO LONTRO disse...

normalmente não é irreversível...
nem que seja naquele momento onde aparece, "sangue do meu sangue", esperança é necessária.
força, aos dois!

TM disse...

Spritof - Nunca é demasiado tempo...

TM disse...

Paulo - Nada dura para sempre.... mas algumas coisas duram demasiado tempo... e em todo esse tempo é dificil ser sempre forte...

spritof disse...

...pois é!