quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Passados...

Nesta coisa das relações, existem muitos que dizem que o passado não interessa... que é algo que não se considera quando se pensa no futuro...
Mas será que podemos viver o futuro esquecendo o passado?
Será assim tão fácil conviver com alguém e esquecer completamente aquilo que foi a sua vida em tempos?
Pessoalmente, considero que é um erro quando tentamos partilhar a nossa vida com alguém, e em simultâneo, procuramos esquecer tudo aquilo que transformou essa pessoa naquela com a qual desejamos partilhar a nossa vida....
Nunca tive pudor em assumir as relações, pseudo relações e outras coisas que tais que fazem parte do meu passado... Afinal foi enquanto as vivi que me transformei na pessoa que sou...
Porque no meu passado acreditei ter amado.... porque no passado amei quem não me amou... porque no passado optei por não amar...
Como poderemos nós esquecer quem somos....
Todos nós temos um passado... ou então não seriamos quem somos... então porque não aprender a conviver com o passado, enquanto percorremos o nosso futuro....

10 comentários:

NI disse...

Concordo, na íntegra, com o teu pensamento.

Penso que a maioria das pessoas se recusam da falar do passado não por uma questão de pudor mas, na maioria das vezes, porque não gosta de assumir algumas atitudes que tomou.

É óbvio que no passado tome atitudes erradas (ainda hoje, na verdade) mas sempre assumi. Para o bem e para o mal. Mas as pessoas não são todas iguais.

Estou casada há 23 anos. O meu marido sabe o meu passado. Eu pouco sei do passado dele. Ele não quer falar alegando que "passado é passado"

:)

Gata2000 disse...

Eu acho que passado é passado! No entanto acho que é esse passado que influência o que somos hoje. Se por um lado acho que o que fizemos no passado não pode estangular o futuro acho que deve ser partilhado, aberto.
Não vejo qual é o problema de sabermos exactamente o que o outro fez no passado, porque já lá vai, não somos mais as mesmas pessoas.
Eu sei o passado do meu marido, tal como ele sabe o meu, sem qualquer problema.
Ainda há um mês, estavamos nós numa reunião de familia e o meu sogro falou a medo numa ex-namorada do meu marido, porque não sabia se eu não gostava que se falasse no passado. Eu disse-lhe que ele podia falar abertamente,sem medos porque se há coisa que eu tenho certa é que o meu marido me escolheu a mim, as outras namoradas fazem parte do passado dele, e eu aceito, não deixando que isso me incomode de forma alguma. é uma questão de confiança.

najla disse...

Não podemos deixar de falar do passado, se este passado foi o culpado pela nossa mudança, pelo modo como vemos o mundo e a vida, pelo modo como nos relacionamos, em resumo, por aquilo que ele nos transformou ou moldou!
Há passados que por não terem tido marcas profundas em nós, poderão ou poderemos passar-lhes ao lado. Porque não vão implicar com o que somos hoje.
Quando o nosso passado foi o responsavel pelo caracter que desenvolvemos ou pelas atitudes que apresentamos....então esse passado não é passado! Está enraizado no presente e quem estiver ao nosso lado deverá saber para ele/ela próprio/a saber como agir connosco.
Mas agora pergunto-te eu, e haverá passados que nós próprios queremos saber?

Um beijo

Magda disse...

O passado é o presente e o futuro da construção do ser humano!
Estou de pleno acordo com as tuas palavras... mas existem pessoas com passados que não as deixam construir nem o presente nem um futuro! Infelizmente existe! São, apenas, personalidades diferentes e passados diferentes!

PAULO LONTRO disse...

Tendo a concordar contigo e a subscrever o que a minha querida Najla escreveu.
Apenas acrescento que não há pessoas iguais, cada um teve as suas vivências e até uma educação específica o que me leva a pensar que cada um deve e pode viver da amaneira que lhe der mais conforte e estabilidade.

TM disse...

Ni - Olha será mal colectivo deles?

TM disse...

Gata - Sim definitavamente o passado não deve estrangular o futuro... mas ele nunca deixará de existir... por isso mais vale aprendermos a conviver com ele...

TM disse...

Najla - Alguns passados podem ser difíceis de conhecer... mas antes aprender a conviver com eles que com a ignorância...

TM disse...

Magda - E são os passados que não nos deixam construir o futuro ou somos nós que travamos esse futuro...

TM disse...

Paulo - Mas o maravilhoso nisto é que todos somos diferentes... e que podemos pensar de formas diferentes...