segunda-feira, 4 de maio de 2009

Perguntas...

Qual é o interesse que existe nas coisas perfeitas?
Se o que nos motivas é a busca de perfeição, o que acontecerá quando a atingirmos?

11 comentários:

Ianita disse...

O meu perfeito será o imperfeito que encaixe na minha imperfeição :)

Lembra-te que a sopa do ingrediente secreto não tem ingrediente secreto!

Kisses

PAULO LONTRO disse...

Define perfeito!
Em que contexto?

Gata2000 disse...

Nunca conseguimos lá chegar porque a natureza humana é por defeito, ou feitio, insastisfeita, logo por muito bom que esteja iremos querer sempre mais. Por isso há tantas evoluções em todos os níveis da nossa existência, nem todas positivas, mas olha a roda, o fogo, a máquina de lavar. Sem a nossa vontade de fazer melhor o mundo não evoluia.
Tu pensas muito!! ;)

Dudaninha disse...

O atingir daquilo que para cada um representará a perfeição, só poderá trazer satisfação e realização... ou felicidade, como quisermos definir. O pior é se se fica agarrado à frustração de não se conseguir a perfeição, por não conseguir distiguir a realidade de um ideal inatingível. Existe o interesse nas coisas perfeitas porque somos exigentes... ou porque, algumas vezes, somos parvos... isto depende, lá está, do contexto e das definições que damos às coisas, mas é uma discussão que dá pano para mangas e é demasiado filosófica para mim. :)

Missanguita disse...

A perfeição depende da óptica....

TM disse...

Ianita - Deve ser do sono que me fez esquecer...

TM disse...

Paulo - O perfeito é aquilo que procuramos e nunca atingimos...

TM disse...

Gata - Definitivamente quem inventou as máquinas de lavar roupa e de loiça foi um génio... mas perfeiro mesmo seria se elas também passassem a ferro e arrumassem a loiça...

TM disse...

Dudaninha - Então resta-nos tentar não esquecer que somos imperfeitos...

TM disse...

Missanguita - E será que estamos sempre dispostos a vê-la?

Gata2000 disse...

E quem disse que um dia não chegaremos a esse ponto? Aposto que há por aí muitas cabecinhas pensadoras a matar os neurónios por causa disso! ;)