quarta-feira, 13 de maio de 2009

A inércia....

O ser humano é naturalmente insatisfeito...
E numa época em que a situação geral não é propriamente a melhor é perfeitamente normal que nos sintamos ainda mais insatisfeitos... no entanto algo que não compreendo é a inércia que ataca incontáveis pessoas, que a única coisa que parecem saber fazer é se queixarem....
Será que estão à espera que a solução para os seus problemas lhes caia no colo?
Na verdade sei que não existem soluções perfeitas.... mas será que se nos dermos ao trabalho de procurar as nossas soluções não iremos conseguir vencer a insatisfação....
Claro que aquilo que funciona para uns não irá propriamente funcionar para outros... mas se ainda nos resta a liberdade, porque não a usar para lutar pela nossa vida ao invés de nos acomodarmos ao que a vida nos dá....
Porque parados não vamos a lado nenhum.... e que tal nos pormos a andar?

8 comentários:

spritof disse...

1. sim, o ser humano é naturalmente insatisfeito. Mas atenção... existem dois grandes grupos diferentes de insatisfação... a insatisfação consciente de algo que se pretende e não se atinge, mas sem que isso afecte o bem estar e a alegria de viver, e a insactisfação de quem não sabe o que quer, para onde ir, nem como viver...

2. as pessoas só se queixam porque foram ensinadas a depender de algo, a viver submissas, não se lhes desenvolveram a genica, a criatividade, o empreendedorismo...
...e como ninguém lhes dá o que precisam, queixam-se. É uma herança cultural dos últimos 50 ou 100 anos (mais coisa menos coisa)...

3. julgo que sim... que devemos procurar as nossas soluções e vencer a insactisfação. Mas isso também pressupõe capacidade de identificar o que nos deixa insactisfeitos, identificar o que podemos mudar, e identificar os passos a seguir para lá chegar...
...pouca gente saber fazer isso. A nossa cultura simplesmente não nos preparou para esses desafios, e se nem nos conhecemos a nós próprios...

4. resta-nos liberdade? Tema polémico. Isto dá pano p'ra mangas.... Mas pronto, dentro de certos conceitos, sim... temos liberdade.

5. por-mo-nos a andar para onde? Esse é o prolema... poucos sabem...



:)

Conde disse...

Os corpos têm tendencia para estar parados. Se dermos um pontapé numa pedra ela irá imobilizar-se, mais tarde ou mais cedo. As pessoas funcionam igualmente assim (em sentido figurado, está claro). Tem que existir uma motivação MAIOR para despoletar o movimento, como por exemplo.....o medo!.Armado em carapau de corrida partII.

Gata2000 disse...

Tens muita razão, mas sabes que andar custa! é bem mais fácil ser treinador de bancada e criticar do que dar corda aos sapatinhos e ser criticado!

TM disse...

Spritof - Não precisamos todos de caminhar na mesma direcção... mas antes caminhar para algum lado que se ficar parado...

TM disse...

Conde - Então e que tal começarmos a distribuir pontapés para fazermos os outros agirem??? O risco é que ele decidam correr atrás de nós.... :P

TM disse...

Gata - E desde quando é que as coisas fáceis sãos as mais interessantes....

spritof disse...

claro que não precisamos de andar todos para o mesmo lado...
...e ainda bem.

A riqueza está na diversidade de ideias, de preferências, de gostos, de orientações...

TM disse...

Spritof - E que essa riqueza se mantenha...