quinta-feira, 16 de julho de 2009

Vida alheia...

Não fosse eu aquela pessoa que está tão interessada na vida alheia como em ter um enxame de abelhas a voar atrás de mim, a vida dos maravilhásticos personagens com quem convivo no meu local de trabalho poderia até ter algum interesse...
Mas na verdade eu sou aquela pessoa que é surpreendida com a novidade de a X está grávida, quando elá afinal já pariu...
Claro que no meio dessa minha desantenção e desinteresse, o rol de novidades que as minhas simpáticas colegas partilharam comigo hoje durante a hora de almoço me foi qb indiferente....
Mas quando as deixei envoltas naquela conversa animada para voltar ao trabalho dei por mim a pensar.... será que elas falam sobre a minha vida com o mesmo entusiasmo?
Não é a opinião alheia, e principalmente a delas, tenha grande importância para mim, mas é que está calorzinho suficiente para a misses andarem a me tentar aquecer as orelhas....

16 comentários:

Sayuri disse...

Uma coisa que não falha: nas costas dos outros, vês as tuas!

PAULO LONTRO disse...

O que elas falam de ti deverá ser directamente proporcional ao que sabem da tua vida privada… ou seja, pouco… certo?

najla disse...

Pois...estás mais ou menos como eu. Quando sei das coisas, já foram!
E nunca ouviste dizer "nas costas da minha vizinha...." Pois...

Um beijo

Catwoman disse...

Com o mesmo entusiasmo não sei, mas que falam isso é certo.

spritof disse...

...tens as orelhas quentes?
;)

spritof disse...

Tantas vezes vim a saber, mais cedo ou mais tarde, de coisas que falaram de mim e quase nenhuma me causou qualquer incómodo significativo.

Numas vezes fiquei surpreso, noutras ri-me, outras ainda ajudei a apimentar a coisa, e algumas, poucas, arreliaram-me verdadeiramente. Mas a verdade é que pouco interessam, não têm qualquer valor excepto para aqueles cujo valor sentimental e de massa cinzenta me é totalmente indiferente...

Na cabeça de alguumas pessoas, já fui playboy, gay, arrogante insensível, ditador, aventureiro irresponsável, ...
...até já tive supostas relações com superiores hierárquicos! (ainda bem que nesse caso era do sexo feminino... ao menos isso)
;)

A minha cusquice natural faz com que, muitas vezes, oiça as histórias de terceiros quando isso me diverte de alguma forma, seja pela criatividade utilizada ou pela graça com que é contada. Mas em geral, dou-lhes tanta importância como todas as coisas que já cheguei a ouvir a meu respeito.

Gata2000 disse...

Claro que falam de ti, o mais provávele é até inventarem o que não sabem só para lhe dar mais cor, mas que interessa isso.
Eu sou da opinião que o que os outros pensam de mim é irrelevante, menos que sejam importantes na minha vida, para os outros, quero lá bem saber.

Tenho um amigo, casado, que um dia foi visto a sair de um hotel comigo. No meio em que ambos nos movimentavamos juntos, ficámos rotulados, porque o que viram foi metade da história: eu estava no carro dele com mais 2 pessoas, ele foi levar as outras 2 pessoas ao hotel deles - que era o mesmo onde ele estava instalado - entretanto o hotel onde eu ia dormir era longe e quem tinha carro era ele, deixou os outros 2 e foi deixar-me no meu destino. claro que fomos vistos apenas os 2 a sair do hotel dele. Os sururus no dia seguinte, e sempre que voltamos a estar juntos são do melhor, mas nós sabemos que não aconteceu nada além de uma boleia.

Sabes o que te digo: que se lixem, mais aos mexericos.
Gentinha de vida vazia precisa mesmo de falar da vida dos outros.

TM disse...

Sayuri - Não é que eu tenha seja o que for contra as minhas costas... mas acho que as ando a ignorar... é que o meu interesse pelas costas dos outros é nulo....

TM disse...

Paulo - Isso mesmo...pouco... o menos possível!

TM disse...

Najla - Então junta-te ao clube... as desactualizadas...

TM disse...

Catwoman - Nem eu ingénua o suficiente para pensar que não o fazem....

TM disse...

Spritof - Mais ou menos... sabes é que o dias têm andado quentitos...
Quanto ás conversas delas... deixa-as estar... assim estão entretidas...

TM disse...

Gata - É curioso como as pessoas se gostam de ocupar com a vida alheia... taditas.... a delas deve ser um tédio...

ianita disse...

Às vezes, quando sabem pouco, têm mais espaço para inventarem...

Sou uma pessoa pacata... nunca saí aqui na terra... nunca bebi... nunca nada. E ainda assim há quem jure a pés juntos que eu já fiz 3 abortos... (pelo menos a última vez que contei eram 3).

Miguel disse...

Mas duvidas?

TM disse...

Miguel - Não infelizmente não....