segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Momento....

"Percorremos a infame distância que nos separa na ânsia de iluminar com os nossos sentidos a escuridão que se impõe aos nossos olhos....
Com os teus lábios segredas a melodia que percorre a minha pele...
Enebria-me a fragância de ti....
Nos teus olhos encontro a tempestade que o meu corpo anseia por pacificar...
Com as tuas mãos navegas a minha pele ao sabor das ondas de volúpia que nela reinventas....
Irremediavelmente enredada pela teia da lascívia, procuro nos teus lábios os sabores da doce tortura....
Nos teus braços descubro a quíetude que apazigua a chama que incendia o meu corpo....
Sequiosos, percorremos este eterno deserto em busca do nosso oásis de prazer....
Neste turbilhão de desejos partilhados multiplica-se a avidez de um novo reencontro..."

29 de Janeiro de 2008

6 comentários:

PAULO LONTRO disse...

A quem disse, longe da vista longe do coração - Fuck you!

Vício disse...

xiii... tantas palavras lindas para descrever uma queca que deixou vontade de repetir...

TM disse...

Paulo - Quem o disse não experimentou uma série de sentimentos que tornam essa permissa errada...

TM disse...

Vicio - E o menino tem algum problema com isso?

PAULO LONTRO disse...

Mas tu sabes que eu experimentei esses sentimentos e há muito tempo que sei que a permissa está errada.

TM disse...

Paulo - Pois sei.... mas aquilo que eu sei, e aquilo que tu sabes, não é necessariamente algo que todos sabem....