quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Just another day...

Em dias como hoje, é esperado que estejamos felizes.... esperam de nós sorrisos e boa disposição... mas e se não tivermos vontade de sorrir?
Terei que sorrir apenas porque é o que esperam de mim? Terei de dar importância a um dia que me parece igual a tantos outros?
Hoje é um dia como os outros, e dificilmente conseguirei vê-lo de forma diferente....
É apenas mais um dia....

12 comentários:

Vício disse...

sorri porque eu estou à espera!

TM disse...

Vicio - Mas se eu sorrir porque é aquilo que os outros esperam será que estarei verdadeiramente a sorrir?

PAULO LONTRO disse...

E se para os "eles" o dia não é igual aos outros porque pensam que para ti também o não é?

E quando "eles" sabem que para ti não é um dia diferente dos outros só têm que desejar que sorrias como desejam que o faças num dia normal, tal como os outros.

TM disse...

Paulo - E os sorrisos que nascem na vontade dos outros são verdadeiros sorrisos?

PAULO LONTRO disse...

Não, mas isso não “os” impede de o querem ver na tua cara, o verdadeiro, claro.
Quem dá o que tem a mais não é obrigado…

TM disse...

Paulo - Mas dar não deverá ser um movimento voluntário?

spritof disse...

os dias são todos bons...e são o que fazemos deles...
...o sorriso é, regra geral, contagiante...e sorrindo por vezes sem grande vontade, gera-se de seguida a vontade própria, a de rir com prazer e naturalidade...
...
...claro, há dias em que não funciona e pronto...

...mas não custa tentar...por nós...e depois pelos outros...

PAULO LONTRO disse...

Sim, pode ser tão voluntário como a acto de o pedir.

Anónimo disse...

Talvez quando deixemos de fazer aquilo que os outros esperam de nós e deixemos de estar como os outros esperam que estejamos, com o devido respeito e amor por aqueles que nos são próximos e sem causar mágoas. Talvez os sorrirsos apareçam de forma espontânea, pois penso que os verdadeiros sentimentos não necessitam de ser forçados. Quanto ao dia, sim é mais um dia, mas sabes alguém um dia me fez parar para reflectir quanto à minha importância. Por isso concluo que sentir essa importâcia com o devido equilibrio é motivo mais que suficiente para fazer com que este dia, para ti e para mais uma mão cheia de pessoas, seja um dia diferente dos outros.

M.

TM disse...

M. - Talvez o seja para uma mão cheia de outras pessoas... para mim não o é....

Anónimo disse...

Porque é que o consideras um dia igual aos outros?

Porque não tem significado para ti?

M.

TM disse...

M. - Pois...