quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Eu sei que sou...

Ela... sabes vou te dizer uma coisa, espero que não fiques chateada comigo
Eu... diz
Ela... sabes é que eu acho que tu, na relações, é orgulhosa, não achas?
Eu... eu não acho, eu sei que sou...
Ela... pois...

14 comentários:

spritof disse...

Desarmada...ela, claro.

TM disse...

Não era propriamente essa a intenção... mas de qualquer maneira foir esse o resultado...

Sorriso disse...

e é bom ser-se assim?...

TM disse...

Não é uma questão de ser bom ou não... é quem sou e como sou...

Sorriso disse...

:)
ok
podias ser daquelas pessoas que tem muito orgulho em ter muito orgulho...(passo o pleonasmo)

1 sorriso

TM disse...

No fundo apenas posso ter orgulho em quem sou... porque acima de tudo preciso de gostar e aceitar quem sou, para permitir que os outros o façam... e então talvez possa ter orgulho de ser orgulhosa... ;)

Sorriso disse...

ah...bem me parecia!
busted!
lol
bjinhos!

Filipe Rodrigues disse...

OH...
Tiraste a piada toda...
:D

Hot'n'Cold disse...

pride in love, or love in pride?

Catwoman disse...

O pior é que o orgulho também dá cabo de muita coisa.

PAULO disse...

Vou continuar na onda da Sorriso.
Sabes que não faço juízos de valor, apenas faço perguntas quando tenho duvidas.
Tu tens na minha opinião uma boa consciência do que és ou pelo menos das características básicas do teu carácter.
O que eu nunca compreendi foi a atitude crítica em relação a esse mesmo carácter. Aquilo que eu nunca entendi é se te aceitas como és de uma forma passiva e definitiva (daí o meu : Eu sou assim !!! no comentário do post anterior), o que é legitimo claro, ou se por outro lado há da tua parte uma contínua procura de uma especial de "moldar o carácter" no sentido de te sentires cada vez mais uma pessoa melhor. Acrescento ainda a possibilidade de não ser uma alteração exactamente para ti ou só por ti mas também para os que vivem no teu cosmos e nessa caso seria também por eles.

TM disse...

Filipe - Não pretendi fazer tal coisa... apenas assumi algo que sei que sou...

TM disse...

Hot'n'Cold - Maybe both...

TM disse...

Paulo - Ainda que saiba a importância que tenho naquilo que poderei chamar do meu mundo, também sei que não sou a única pessoa que nele existe... E se algum processo de moldagem existir não se poderá justificar apenas pelo bem estar dos outros, mas pela forma com esse bem estar vai influenciar o meu próprio bem estar...
Não sou nem pretendo ser uma pessoa perfeita, e ter consciência de quem sou poderá apenas me ajudar a caminhar mais consciente das minhas incapacidades e dificuldade nesse mesmo caminho....