quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Perguntas...

Será que somos como somos, porque queremos ser assim... ou ainda que queiramos, o querer não é suficiente?

7 comentários:

Sorriso disse...

a mente domina o corpo, mas é impossível dominarmos a alma...

:)

PAULO disse...

Acho que são as duas coisas.

Achas-te incapaz de tentar (pelo menos) alterar por vontade própria alguma característica do teu carácter que não te beneficia?

Podes não conseguir, mesmo que queiras, mas a liberdade de tentar, essa existe mesmo, ou não?

No outro dia escreveste que a tua liberdade acaba onde se inicia a do outro.
És assim porque queres que assim seja, isso é vontade própria, caso contrário não farias um esforço por alterar a tua atitude?

Só um EQUILIBRIO do ser, da vontade de ser ou o momento de ajustar o ser faz sentido na vida.

Eu tenho dificuldade em entender as resposta do tipo: É assim porque eu sou assim!
(por isso aguente-me e se não gostares parte para outra)

Quanto tempo duram as relações (sejam de que tipo for) baseadas neste princípio.

Será sinal de força pessoal ou de uma debilidade pessoal ?

TM disse...

Paulo - Acho que a pergunta que coloquei poderá não ser sido bem formulado, porque a questão vai no sentido que até que ponto conseguiremos ser algo apenas porque é assim que gostaríamos de ser (e não involve a vontade de uma outra pessoa)...

TM disse...

Sorriso - Que é quiçá a parte mais rebelde de nós...

Hot'n'Cold disse...

somos o que somos, ponto!

vamos limando umas arestas ao longo do caminho, e por vezes descobrimos que a nossa verdadeira forma é diferente da que julgávamos ter.



descobertas!

TM disse...

Hot'n'Cold - E ainda que não seja a perfeição algo atingível, é aquilo que pretendemos com essas limadelas... seja a perfeição lá o que for...

spritof disse...

perfeito é sentirmo-nos bem

não nos limamos necessariamente para atingirmos a perfeição, mas sim para descobrirmos a nossa raça e sermos mais verdadeiros, para descobrirmos a nossa forma.


e agora...
...quem sou eu?


sou a minha forma tosca e imperfeita, ainda por limar e descobrir, sou a forma que sonho ser sem a ser, sou a forma que anseio e luto por ser sem conseguir, ou consigo ser saber...