quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Vontades...

Nesta coisa dos relacionamentos entre as pessoas se há algo que me deixa a sinapses completamente embaralhadas é a história da igualdade entre os sexos...
Por mais que tentasse, e não que o faça efectivamente, acho que nunca iria compreender a atitude de alguns personagens do sexo masculino, face ás mulheres... e mais concretamente nos que diz respeito ao sexo.... Mais que admirar e cobiçar o corpo feminino, os meninos adoram se entreter a imaginar um sem fim de actividades que adorariam realizar com aqueles corpos, mas depois tem um incompreensível pudor em falar de sexo com uma mulher...
Será que para os homens o sexo apenas se torna interessante quando praticado com um corpo, ao invés de com uma mulher?
Se para eles é aparentemente tão atraente a perspectiva de se envolver em actividades sexuais com uma mulher, porque não conseguem aceitar uma mulher que não tem o minímo pudor em admitir que não é assexuada e que até gosta bastante do mesmo que eles gostam....
Nem sequer estou a conjecturar sobre os pruridos que algumas mulheres têm no que diz respeito ao sexo, porque cada um, neste caso uma, sabe de si... E muito menos, estou a falar sobre mim...
Mas afinal, onde existe essa pretensa igualdade? No silêncio, no socialmente aceite fingimento que eles são uns tarados e elas umas santas... e depois as coisas acontecem porque eles insistem muito e elas lhes fazem a vontade? E se forem elas a ter vontade?
Mais ainda, como é que é aceitável um homem se achar no direito de ver uma mulher como um objecto sexual, e achar condenável que uma mulher o veja a ele como alguém que poderia satisfazer as suas vontades...
Se o desejo é, numa situação ideial, igualmente partilhado, porque não pode ser igualmente assumido???

7 comentários:

PAULO disse...

Tens a certeza que este texto não tem aí uns 40 anos ..?
Mas ainda há tipos desses?

TM disse...

O texto é fresquinho, e a irritação das sinapses que o originou também é...
É porque eles andam aí... e muitos mais que se poderia pensar...
Para mal dos meus pecados...

spritof disse...

deve...e é, nos dias de hoje.
mas as mentalidades levam tempo a mudar também...

TM disse...

E quanto mais tempo será necessário?

spritof disse...

todo o tempo do mundo!
Há mentalidades que nunca vão mudar...mas o importante é que cada vez mais estas mudem.

spritof disse...

Se virmos bem... não evoluímos assim tanto comparativamente há, por exemplo, 5.000 anos atrás.

se buscares os dilemas da altura, as histórias de amor, as guerras de poder, as intrigas, as amizades, as aventuras...
...somos tal e qual.
Acrescentámos saber científico e geográfico...e pouco mais. No resto, somos cópia de papel químico com alguns borrões a mais, e outros a menos.

TM disse...

E andam por aí a pregar a evolução... pois...