segunda-feira, 15 de setembro de 2008

O valor da arte...

"Sendo eu uma apreciadora das coisas boas da vida, a arte, nas suas imensas formas é umas das coisas que realmente me fascina....
É certo que cada um de nós tem aquilo que muito chama de talento para as mais diversificadas actividades.... mas em que momento esse talento se transforma naquela capacidade surreal de criar algo que deixa petrificado o mais comum dos mortais?
E mais ainda, se tantos partilham desse dom que é o talento porque é que tão pouco se destacam? Ou na verdade, não é o facto de apenas alguns conseguirem dar uso ao seu talento que os transforma em artistas ao invés dos outros que são apenas talentosos......
Pessoalmente acho que é maravilhoso poder desfrutar dos talentos daqueles que realmente conseguem criar a arte, mas num mundo que os prazeres são algo tão maravilhoso porque é que apenas alguns tem acesso a essa arte....
Num sem número de museus pelo mundo fora estão expostas as mais maravilhosas obras de arte, alguma delas com valores que roçam o escandaloso, mas porque motivo a arte é algo que não está acessível a todos?
A voz de uma cantora soa diferente quando estamos numa qualquer sala de espectáculos a vê-la criar a sua arte, e isso é algo que justifica o que dispendemos para ali estar, mas será que é certo pedir para que paguemos pela sua arte....
Sentada numa plateia de um espectáculo que me fascinou penso no que paguei para ali estar.... no prazer que me é concedido.... e se o valor é algo que pode ser realmente definido....."
22 de Abril de 2008

12 comentários:

Sorriso disse...

pois é.
ja agora, por falar em arte, essa foto foste tu que tiraste?
nao a do post, mas a que tens no topo do blogue.

TM disse...

Sim fui eu... é do mar... o meu mar... sempre o mar... :)

spritof disse...

...e é tirada onde?

Também adoro o mar, e por isso tive de encontrar uma casa com varandas viradas para o mar... ...ouvem-se as ondas a bater nas rochas, vê-se a lua cheia reflectida no mar, e dá uma sensação de calma, e de grandeza sem fim, que não consigo explicar.

TM disse...

Eu quando for grande também quero viver assim à beira mar... até lá vivo de momentos...

spritof disse...

não precisas ser grande, apenas vontade...

Sorriso disse...

espetaculo de foto!
usaste que tipo de maquina?

TM disse...

Spritof - Infelizmente em algumas situações a vontade não é suficiente...

TM disse...

Sorriso - A minha digital... que nem é nada de especial... foi um momento apenas... sorte talvez...

Hot'n'Cold disse...

wish you were here

So, so you think you can tell
Heaven from Hell,
Blue skies from pain.
Can you tell a green field
From a cold steel rail?
A smile from a veil?
Do you think you can tell?

Did they get you to trade
Your heroes for ghosts?
Hot ashes for trees?
Hot air for a cool breeze?
Cold comfort for change?
Did you exchange
A walk on part in the war,
For a lead role in a cage?

How I wish, how I wish you were here.
We're just two lost souls
Swimming in a fish bowl,
Year after year,
Running over the same old ground.
What have we found
The same old fears.
Wish you were here.

(by Pink Floyd)

spritof disse...

De certeza?
O que é que se faz sem vontade?


Uns trabalham muito para ter uma casa com piscina, outros optam por gozam do mar.
É uma questão de perspectiva, e de liberdade, e de compromisso.

Mas compreendo-te...

TM disse...

Hot'n'Cold - música... a melodiosa arte...

TM disse...

Spritof - Cada um de nós tem diferentes horizontes... e é isso que torna o desafio de viver em sociedade tão interessante...